Sexta-feira, 28 de Maio de 2004

- Sugestões de leitura: Prontuário do Matlab

Neste e-book o leitor encontra uma descrição sucinta do funcionamento da aplicação informática Matlab. Este manual baseia-se nas notas de base elaboradas para a disciplina de Informática Industrial BI, leccionada no âmbito da Licenciatura de Engenharia Química no Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.


O e-book é desenhado por forma a que o leitor possa rápida e eficazmente adaptar-se ao ambiente da aplicação Matlab, possuindo também informação suficiente para a criação de pequenas aplicações, relacionadas com diversas áreas de cálculo numérico e científico e de visualização gráfica.


Editora: FEUP Edições


Autor: Fernando Gomes Martins (natural de Arouca)


 

publicado por FTF às 09:04
link do post | comentar | favorito
|

- Sugestões de leitura: Photoshop 7 curso completo

photo7cc.jpg


O Adobe Photoshop é a referência na edição digital de imagem, possibilitando a criação, manipulação, tratamento, retoques, ... criação de imagens animadas para a web, criação de catálogos, ... o limite é mesmo a imaginação! 


Se é um utilizador do Photoshop ou do ImageReady, em Windows ou em Mac, e se deseja torna-se um “expert”, este livro é uma boa opção. Trata-se de uma obra ricamente ilustrada, com exercícios resolvidos passo-a-passo e problemas propostos com dicas de resolução.


Editora: FCA Editora de Informática, do grupo LIDEL Edições técnicas.


Autor: Fernando Tavares Ferreira (natural de Arouca; e-mail engftf@mail.pt)

publicado por FTF às 08:59
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Maio de 2004

- O que é a Ecologia Holística?

foto_fern.gif


Uma das palavras mais discutidas no momento é a “Holística”, isto é, a visão global do que nos cerca. Pensando de forma holística percebemos que tudo no mundo possui uma interdependência, principalmente quando se fala em meio ambiente. Se preservamos uma espécie vegetal que é interessante economicamente e deixamos de lado as que não são, também estamos pondo em risco a que está sendo preservada, pois todas fazem parte de um ecossistema interdependente.


 


Quando uma região fértil é mal utilizada e acaba transformando-se num deserto, como é o caso de alguns locais no Rio Grande do Sul (Brasil) por exemplo, isso mexe com a economia local, ocasiona migrações, desequilibra o meio ambiente de forma global além de aumentar a pobreza.


Uma catástrofe ambiental local, pode tomar um efeito dominó e ocasionar perdas até noutros países. O mesmo vale para uma grande enchente, um terramoto ou outras manifestações naturais que abalam directa ou indirectamente todo o planeta.


 


A globalização foi criada muito antes da humanidade surgir na Terra, pois a natureza sempre foi globalizada, e hoje, a economia e o meio ambiente tornaram-se intrinsecamente ligados, através principalmente da utilização de recursos naturais como o petróleo, os metais e a própria água, ou até mesmo pela produção de alimentos que pode ser atingida duramente por mudanças climáticas, pragas oriundas do desequilíbrio da cadeia alimentar e até mesmo pelo mal uso do solo, que causa erosão, entre outros problemas.


 


Quando emitimos gases tóxicos na nossa cidade, ou quando acontece um vazamento radioactivo do outro lado do mundo, as consequências são sentidas em todo o mundo, sejam elas ambientais ou económicas. Os problemas sociais, económicos e ambientais nunca serão resolvidos se forem tratados de forma isolada. Por esses motivos, é necessário começarmos a enxergar o nosso mundo de forma holística, onde todas as formas de vida dependem uma das outras e onde tenhamos consciência de que nossas atitudes podem ser a diferença entre a sobreviver ou não.


 


Referência: Rede de Informações AMBIENTE TOTAL, Olimpio Araujo, Brasil, 2004. Olimpio Araújo é o Coordenador Nacional da Rede de Informações AMBIENTE TOTAL, com web site em www.ambientetotal.pro.br, cuja missão é promover a democratização de informações e conhecimentos ambientais através das Tecnologias da Informação e da Comunicação, em todos os países de língua Portuguesa, subsidiando conhecimentos a educadores, pesquisadores, técnicos, militantes ambientalistas e demais cidadãos envolvidos com a luta por um mundo melhor.


 


Fernando Tavares Ferreira



In: Jornal quinzenário “Jornal de Arouca”, Maio 2004


 

publicado por FTF às 08:54
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Maio de 2004

- Serra da Freita: Frecha da Mizarela

freita_mizarela2.jpg


Frecha da Mizarela (FTF 2002)
Serra da Freita, Arouca


Imponente queda de água do rio Caima, com mais de 60 m de altura.


Um passeio a pé por um carreiro ao longo das margens do Caima é recomendável pela beleza dda paisagem, com piscinas naturais e pela paz que se respira.

publicado por FTF às 08:40
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Maio de 2004

- Freguesia de Chave: Apresentação

bouca_chave.jpg


Chave, Arouca (FTF, 2003)


Vista de Chave, fotografia tirada do lugar da Bouça, onde se pode ver a Igreja de Chave.

publicado por FTF às 09:34
link do post | comentar | favorito
|

- Aldeia da Castanheira: Pedras parideiras

pedras_parideiras.jpg


Pedras parideiras (FTF, 1999)
Serra da Freita, Arouca


As Pedras Parideiras, na Aldeia da Castanheira, são um fenómeno único em Portugal e raro em todo o mundo. Afloramento granítico onde aparecem curiosos nódulos envolvidos por uma capa de Biotite em forma de disco biconvexo que pode chegar a 15-20 cm de diâmetro e a 5-6 cm de altura máxima. A sua idade roda os 280-290 milhões de anos.

publicado por FTF às 09:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

- Serra da Freita: Miradouro da Mizarela

freita_mizarela1.jpg


Miradouro Mizarela (FTF, 2004)
Serra da Freita, Arouca

publicado por FTF às 09:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Maio de 2004

- Positivo: Foto de Chave 4

tojal_luc.jpg


Laranjeira (FTF 2003)
Tojal, Chave


 


 

publicado por FTF às 09:50
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Maio de 2004

- Positivo: Foto da Serra da Freita 2

serrafreita2.jpg


Árvores (FTF, 2003)
Serra da Freita, Arouca

publicado por FTF às 13:53
link do post | comentar | favorito
|

- Serra da Freita: Raça Arouquesa

serrafreita1.bmp


Carqueja em flor (FTF 2003)
Serra da Freita, Arouca


A Serra da Freita recebe aconchego das Serras de Arada e Montemuro. Por aqui pastam os grandes rebanhos de cabras e ovelhas, entremeados pela pacatez dos bovinos da raça Arouquesa (raça autoctobe muito antiga).


Na fotografia pode ver-se a carqueja em flor, um dos alimentos deste gado, criado ao ar livre.


A raça Arouquesa é bastante semelhante à raça espanhola chamada "Asturiana dos Vales". O seu nome vem do nome de Arouca. Dentro deste grupo, da raça Arouquesa, existem três divisões importantes:


. O gado Arouquês de S. Pedro do Sul;
. Os Arouqueses Paivotos;
. A raça dos Arouqueses Caramuleiros (estando esta raça já extinta).


A raça Arouquesa tem uma tripla função, pois serve para a produção de carne como de leite, além de ainda servir para trabalhar. A primeira carne é de muito boa qualidade sendo grande parte da mesma de primeira categoria. Com o leite das vacas Arouquesas é possivel, sem dúvida, fabricar lacticínios de elevada qualidade. A produção de carne ou e leite do gado Arouquês tem de ser feita a partir de animais de raça Arouquesa, inscritos no Registo Zootécnico, filhos de pai e mãe também aí inscritos.


Uma da suas virtudes é a capacidade de caminhar nos íngremes e pedregosos caminhos ruraís das regiões de agricultura de montanha. Na montanha a raça Arouquesa, não tem quem faça o trabalho melhor de que ela. A área geográfia de produção abrange os concelhos de Baião, Cinfães, Castelo de Paiva, Arouca, Castro Dairek, S. Pedro do Sul, Vale de Cambra, Severe do Vouga, Oliveira de Frades, Vouzela, Rezende, Lamego, Tarouca, Amarante e Marco de Canaveses.


ORIGEM E SOLAR


A raça Arouquesa encontra-se portanto no distrito de Aveiro, tendo como centro Arouca e arredores. Esta situa-se numa zona montanhosa de acessos difíceis e reduzida densidade populacional.


PASSADO


O gado Arouquês teve início nas zonas montanhosas nas serras do nordeste e leste do distrito de Aveiro. Acabando-se por se extender, a toda a zona nascente da estrada nacional Porto-Lisboa, abrangendo a totalidade dos concelhos de Castelo de Paiva, Arouca, Vale de Cambra e Severe de Vouga.


PRESENTE


O gado Arouquês sofreu uma invasão por outras raças, principalmente o gado turino que alterou o seu solar, presentemente manteve-se nas regiões Arouquesas e arredores. A progressiva infiltração do gado turino substitui o gado Arouquês em várias zonas. A raça pura mantém-se exclusivamente a norte do rio Vouga. Estes animais foram expulsos das zonas ferteis e encontam-se nas regiões mais agrestes devido à sua grande capacidade de adaptação. 


PERSPECTIVAS FUTURAS


Numa zona agricolamente pobre, em solos graníticos, não podemos ter gandes esperanças de valorizar os efectivos arouqueses existentes, a menos que podessem regressar aos vales mais ferteis do seu antigo solar, onde a zona de criação se defendia, produzindo animais de assinaladas caracteristicas como produção de carne e de leite.


CARACTERÍSTICAS DA RAÇA


Corpulência - meã
Pelagem - desde o castanho até aos tons mais claros (palha)
Formas - harmoniosas e roliças
Pele - grossa elástica e bem destacada
Andamentos - fáceis, temperamento dócil e energético
Facilidade de adaptação ás encostas serranas
Mucosas escuras
Cornos dirigidos para a frente, indo primeiro para baixo e depois para cima
Perfil sub-côncavo


 

publicado por FTF às 12:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Marionetas: A bela adorme...

. Prémio de Jornalismo Juve...

. Festa de fim de curso CEF...

. Decoração floral de event...

. Vende-se casa em construç...

. Em Chave - Arouca, Feira ...

. - Novidade editorial

. - Novidade editorial

. - Eventos:; Linguagem ges...

. - Fórum em Oliveira de Az...

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds