Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

- A tijela de madeira

É HORA DE REFLEXÃO (XXVIII)

A tigela de madeira

”Um senhor de idade foi morar com o seu filho, a nora e o netinho de 4 anos de idade. Pela sua já avançada idade, as mãos do velhinho eram trémulas, a sua visão embaçada e os seus passos vacilantes…
A família comia reunida à mesa. Mas, as mãos trémulas e a fraca visão do avô atrapalhavam-no na hora de comer. As ervilhas rolavam da sua colher e caíam no chão. Quando pegava no copo, o leite era derramado na toalha da mesa. O filho e a nora irritavam-se com a bagunça…
- Precisamos tomar uma providência com respeito ao pai, disse o filho. Já tivemos suficiente leite derramado, barulho de gente a comer com a boca aberta e comida pelo chão, acrescentou a nora…
Então, eles decidiram colocar uma pequena mesa num cantinho da cozinha. Ali, o avô comia sozinho enquanto a restante família fazia as refeições à mesa, com satisfação.
Mais tarde, desde que o velhinho quebrara um ou dois pratos, a sua comida passou a ser servida numa tigela de madeira…
Quando a família olhava para o avô sentado ali sozinho, às vezes ele tinha lágrimas nos seus olhos… Mesmo assim, as únicas palavras que lhe diziam eram ásperas quando ele deixava um talher ou comida cair ao chão.
O menino de 4 anos de idade assistia a tudo em silêncio. Uma noite, antes do jantar, o pai percebeu que o seu filho estava no chão, manuseando pedaços de madeira.
Ele perguntou delicadamente à criança: O que estás a fazer, filho?
O menino respondeu docemente: Oh, estou a fazer uma tigela para você e a mamã comerem, quando eu crescer… O garoto de 4 anos de idade sorriu e voltou ao trabalho.
Aquelas palavras tiveram um impacto tão grande nos pais que eles ficaram mudos! Então lágrimas começaram a escorrer dos seus olhos...
Embora ninguém tivesse falado nada, ambos sabiam o que precisava ser feito. Naquela noite o pai tomou o avô pelas mãos e gentilmente conduziu-o à mesa da família. Dali para a frente e até o final dos seus dias ele comeu todas as refeições com a família.
E por alguma razão, o marido e a esposa não se importavam mais quando um garfo caía, o leite era derramado ou a toalha da mesa ficava suja…”
Esta história, de um autor desconhecido, mostra-nos que as maiores lições de vida por vezes vêm da mão de uma criança… O amor da Sagrada Família voltou a este lar, o qual ficou mais enriquecido. Acredite que não importa o tipo de relacionamento que tenha com os seus pais, você sentirá falta deles quando partirem. Precisamos amar e tornar digna a vida dos nossos pais, com tudo o que estiver ao nosso alcance.
Façamos um hino e um louvor ao Outono da vida, a velhice. Como disse Johann Wolfgang Goethe “Envelhecer não é difícil – difícil é ser-lhe velho”. Esta é uma realidade…
De uma forma positiva, devemos também aprender que não importa o que aconteça, ou quão ruim pareça o dia de hoje, a vida contínua, e amanhã será melhor. Devemos aprender que se pode conhecer bem uma pessoa, pela forma como ela lida com dia chuvoso ou uma bagagem perdida, mas muito mais pelo valor que dá à verdade e ao amor, pelo respeito que mostra pelos mais velhos, pelos doentes, por aqueles que têm necessidades especiais…
Na realidade, "saber ganhar" a vida não é a mesma coisa que "saber viver". O dinheiro não é tudo. A vida às vezes dá-nos uma segunda oportunidade. Há que a reconhecer e aproveitar. Viver não é só receber, é, acima de tudo, também dar. Se procurar a felicidade, vai iludir-se, mas, se focalizar a atenção na família, nos amigos, nas necessidades dos outros, no trabalho e procurar fazer o seu melhor, a felicidade vai com certeza encontrá-lo. Sempre que decide algo com o coração aberto, geralmente acertará. Quando sente dores, não precisa ser uma dor para os outros. Reparta a alegria e não a tristeza. Diariamente precisa alcançar e tocar em alguém. As pessoas gostam de um toque humano a segurar na mão, receber um abraço afectuoso, ou simplesmente um palmadinha amigável nas costas.
E, acima de tudo, precisamos reconhecer e admitir que ainda temos muito que aprender. Lembre-se que às vezes as pessoas precisam de algo para iluminar o seu dia. Seja simpático, afável e amigo… Talvez as pessoas se esqueçam do que você disse, ou do que lhes fez, mas nunca esquecerão como as tratou. Se hoje é filho, amanhã será pai e avô. Ame, com carinho e verdadeiramente, os seus pais e avós, pois a eles deve o seu corpo, a sua vida, o seu espírito, a sua existência na eternidade…
Seja alguém especial! Esteja determinado a ser uma pessoa alegre e feliz, independente de qual seja a situação em que se encontre. É isto que deve dizer a si próprio, insistentemente… Martha Washington disse, e muito sabiamente, que “Tenho aprendido pela experiência que grande parte da nossa felicidade ou miséria depende da nossa disposição, não das nossas circunstâncias”…

Assim, procure ler e sentir as frases abaixo, da autoria de Nélio da Silva:
Seja alguém que ouve, e você será ouvido. Seja alguém que se importa com as outras pessoas, e você será amado.
Seja alguém que doe, e você será abençoado. Seja alguém que conforta, e você conhecerá a paz.
Seja alguém que busca genuinamente compreender, e você será sábio. Seja alguém que tem consideração, e você será admirado.
Seja alguém que valoriza a verdade, e você será respeitado. Seja alguém que empreende, que age, e a sua vida será impulsionada para a frente.
Seja alguém que levanta as outras pessoas, e a sua vida será abundantemente enriquecida.
Seja alguém cheio de gratidão, e não haverá fim para as coisas pelas quais você será agradecido.
Seja alguém que vive com propósito, e a sua luz irá brilhar.
Seja a cada momento alguém, aquela pessoa especial que você foi criado para ser.

Recorde ainda os Colossenses, da Bíblia Viva: "... a fim de que a maneira de vocês viverem, sempre agrade ao Senhor e o glorifique, para que vocês sempre façam pelos outros coisas boas e agradáveis, aprendendo em todo o tempo a conhecer a Deus cada vez melhor."

A mensagem que Cristo nos deixou “Dar a vida pelos outros” é isto mesmo... Só assim se vive a vida de Jesus e nos fazemos uma só coisa com Ele.

Sabe, é fácil ser-se mau e medíocre. Mas, também não é difícil ser-se bom e especial. Basta querer!...

Fernando Tavares Ferreira
publicado por FTF às 14:09
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Marionetas: A bela adorme...

. Prémio de Jornalismo Juve...

. Festa de fim de curso CEF...

. Decoração floral de event...

. Vende-se casa em construç...

. Em Chave - Arouca, Feira ...

. - Novidade editorial

. - Novidade editorial

. - Eventos:; Linguagem ges...

. - Fórum em Oliveira de Az...

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds